alheira

Chouriça moura de Vila Real: um enchido tradicional

Apesar de existirem alguns principais enchidos portugueses que todos conhecemos, existem variações dos mesmos quase infinitas. Um enchido tradicional é a chouriça moura de Vila Real, sobre a qual pouco se conhece além da receita.

Segundo um site do governo dedicado a produtos tradicionais, poucas referências escritas à origem da chouriça moura existem, sendo que se sabe apenas que a gastronomia transmontana está marcada por um forte cariz feminino e que os microclimas e a região em si ajudaram
à criação do enchido.

A chouriça moura +e também conhecida como moira, moura, ou calda quente, e é caracteristicamente um chouriço de sangue – uma morcela – feita também com pão e carne. A sua textura é mole e tem tanto um cheiro como um sabor característico.

Impressione os seus convidados e família com o nosso eBook de receitas deliciosas.

Como fazer chouriça moura

Para fazer este enchido vai precisar de alguns ingredientes, nomeadamente pão, carnes, vinha de alho, caldo de cozer as carnes, e sangue. Para temperos usa-se sal, colorau, pimenta, e a vinha de alhos mencionada acima.

As carnes incluídas neste enchido passam por carnes de vaca, aves e porco variadas – por norma usam-se as que não foram consumidas até então – e depois de cozidas e devidamente temperadas são usadas para encher tripa de porco.

A receita tradicional de chouriça moura passa por temperar as carnes cortadas em pedaços pequenos em vinha de alho durante 5 a 6 dias e cozê-las, e por cortar pão em fatias e amolecê-lo no caldo em que as carnes são cozidas.

Ao pão amolecido com o caldo junta-se a carne já cozida e desfiada, a vinha de alhos, o sangue batido e temperado com vinho e sal, o colorau, e a pimenta. Depois de tudo muito bem misturado até se fazer uma pasta, são enchidas as tripas. O produto final tem um formato de ferradura e é submetido a fumagem durante alguns dias.

Chouriça moura é mais consumida no Inverno

Como grande parte dos enchidos, a chouriça moura de Vila Real acaba por ser mais consumida no Inverno do que noutras alturas do ano, em parte também por ser mais saborosa do que a maior parte das carnes e ser mais comida de conforto.

Por norma, a chouriça moura é cozida, mas também pode ser frita ou assada. Não se costuma usar como a estrela do prato, mas sim como um pequeno acompanhamento a pratos tradicionais como o arroz de Moura e o cozido à Portuguesa.

O enchido é ainda relativamente típico no Carnaval e em Vila Real ainda é muito produzido. Diz o site do governo dedicado a produtos tradicionais que em entrevistas feitas em 1977, todos os produtores artesanais inquiridos fabricavam chouriça moura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

back to top