alheira

Como cozinhar alheira congelada

A alheira portuguesa é bastante versátil, pois tanto pode ser confecionada e servida de forma rápida, como preparada em refeições mais elaboradas, para eventos mais formais. Para muitos, cozinhar alheira congelada é uma opção.

Atualmente, a alheira pode ser encontrada em todo o território português, uma vez que a sua utilização está completamente democratizada na nossa cozinha. Além disso, é facilmente congelável, o que significa que pode ser armazenada em casa para comer a qualquer altura também. Por isso, nos últimos tempos têm surgido também várias novas receitas com a alheira como ingrediente central.

No entanto, tal como qualquer outro produto congelado, há que ter determinados cuidados na preparação de uma alheira congelada. O descongelamento deficiente pode afetar a consistência e o sabor da alheira, influenciando negativamente o sabor final do prato final.

Impressione os seus convidados e família com o nosso eBook de receitas deliciosas.

A alheira

Antes de continuar, convém perceber do que estamos a falar. A alheira é um dos enchidos mais particulares do fumeiro nacional, uma vez que não é feito a partir de carne de porco, como acontece tradicionalmente. A alheira tem como principais ingredientes a carne de aves, mas também o pão, que lhe confere uma consistência muito específica. A isso junta-se ainda a banha, o azeite, o alho e o colorau.

Diz a história que a alheira foi criada pelos cristãos novos, que encontraram assim uma forma de dar a entender à comunidade que estavam convertidos e que estavam a comer carne de porco, o que é proibido segundo a religião judaica.

No entanto, historiadores defendem que esse é um mito urbano e que, provavelmente, a alheira deve ter surgido a partir da tradição do fumeiro em Portugal e da necessidade.

Atualmente, a alheira de Mirandela tem o estatuto de proteção de Especialidade Tradicional Garantida, enquanto que a de Vinhais e a de Barroso-Montalegre tem a marca registada de Indicação Geográfica Protegida. Contudo, não existe restaurante em Portugal ou supermercado onde não seja possível encontrar alheira.

Como descongelar alheira

Tal como a maioria dos produtos, a alheira congelada deve ser sempre descongelada à temperatura ambiente. Para isso, deverá planear sempre as suas refeições com antecedência, de forma a dar tempo para retirar os produtos do congelador.

É claro que, muitas vezes, isso não é possível, seja por esquecimento ou porque apareceu algum convidado inesperado para jantar. Nessas alturas não há como não recorrer ao microondas. É certo que essa é uma opção válida, mas deve ser sempre utilizada em último recurso.

Como a alheira tem uma textura e uma consistência muito própria, ao ser descongelada no microondas acaba por ficar mais amolecida e esfarelada.

O que deve evitar sempre é descongelar a alheira com água fria. Este é um recurso muito usado na carne. No entanto, devido à forma como é feita, cozinhar alheira congelada depois de a descongelar assim vai destruir o seu sabor e textura.

Há ainda quem utilize água com vinagre para descongelar carne, mas essa não é uma opção de todo para tratar uma alheira congelada, uma vez que irá afetar o seu paladar.

Assim, o melhor é retirar a alheira na noite anterior e deixá-la a descongelar num alguidar, à temperatura ambiente ou no próprio frigorífico.

Escolha locais frescos e longe do sol, de forma a que a alheira não se estrague com o calor. Só assim tirará o máximo proveito do enchido, tanto em sabor como em consistência.

Como preparar alheira congelada

O primeiro passo para cozinhar alheira congelada é descongelar o enchido. Depois, existem várias formas: umas mais e outras menos elaboradas. Uma das mais comuns é a alheira na frigideira, uma vez que é uma forma fácil, rápida e muito saborosa de a confecionar. Para isso, basta fritá-la em óleo numa frigideira, tendo cuidado para que ela não rebente, servindo-a com batata frita ou mesmo com arroz e salada.

Outra variação bastante simples e igualmente rápida e deliciosa é a alheira cozida. Para isso, basta colocá-la num tacho, cobri-la de água e deixar ferver ao lume, durante cerca de 15 minutos. Deve servir de imediato, de forma a que não seque em demasia. Caso precise de cozinhar alheira congelada sem tempo de descongelar, aconselhamos esta opção.

Depois, consoante o seu tempo e a sua disposição, pode ainda a preparar alheira no forno. Se a alheira ainda estiver congelada evite colocá-la o forno, pois a água que viria a sair combinada com a textura do enchido poderá dar mau resultado.

Em suma, para preparar uma alheira congelada da melhor forma deve apenas certificar-se de que descongela a alheira bem, e depois usá-la como uma alheira fresca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

back to top