alheira

Migas de alheira: saiba como fazer esta delícia

Partilhe nas redes sociais

Um dos principais pratos da culinária alentejana são as famosas migas. Só ficam melhores mesmo, se forem migas de alheira. No entanto, a sua origem não se limita à fronteira portuguesa e estende-se a toda a zona da Mancha, da Estremadura e da Andaluzia, em Espanha.

Começou por ser um prato associado aos pastores, feito das sobras do pão duro dos dias anteriores. Especula-se que a sua origem remonta ao Norte de África e ao cuscuz, tão característico dessa zona. No entanto, existem outras versões de migas que, em vez do pão, utilizam batata. Em Espanha, também as migas de farinha são comuns, conhecida por gachamiga.

São um prato tão simples quanto saboroso, baseado no refogado do pão duro, humedecido em água, azeite ou banha. Além disso, pode ser misturada com carne de porco frita, com toucinho, com entrecosto e até com alguma fruta, como figos ou uvas.

Já em Espanha, as migas são normalmente acompanhadas de torresmos, ovos ou pimentos, mas até as sardinhas são um acompanhamento comum. Além disso, as migas doces vêm acompanhadas de melão ou mesmo chocolate.

No entanto, estamos aqui para falar de uma receita diferente de migas: com alheira! Este é um dos enchidos mais típicos da culinária portuguesa e a receita de migas com alheira não podia ser mais português. Além disso, é igualmente saboros, simples de preparar e muito rápido de confeccionar.


A alheira é um enchido feito a partir de carne de aves, juntamente com pão, banha, azeite e colorau, que faz com que tenha uma consistência muito própria e característica. Reza a lenda que foi criada pelos Cristãos Novos, de forma a enganarem os cristãos e fingirem que já estavam convertidos, enquanto evitavam comer carne de porco. No entanto, o mais provável é que a alheira tenha mesmo surgido da necessidade e da tradição de fumeiro, que é bem portuguesa também.

Como fazer migas de alheira

Para preparar uma deliciosa receita de migas de alheira irá necessitar de uma pequena lista de ingredientes que é provável já ter em casa.

Ingredientes necessários:

  • 1 broa de centeio
  • 1 alheira
  • 1 Cebola
  • 2 dentes de alho
  • Grelos
  • 1 ovo
  • Sal
  • Pimenta
  • Azeite

Método de preparação:

O primeiro passo da receita é a preparação da alheira. Com uma faca, dê um golpe de lado e retire a pele. Depois desfaça a alheira utilizando um garfo.

À parte, coza numa panela com água e sal os grelos. Pode utilizar grelos frescos ou mesmo grelos congelados. Depois reserve.

Numa frigideira com um fio de azeite, faça um refogado com uma cebola picada e dois dentes de alho. Junte a alheira desfeita e deixe cozinhar durante um pedaço. Entretanto, desfaça uma broa de milho e vá juntando o seu miolo, juntamente com sal e pimenta a seu gosto.

Se não tiver broa de milho pode utilizar também pão tradicional. 

Deixe cozinhar e, se estiver a ficar muito seco, vá juntando um pouco de água. Pode utilizar a água que utilizou para cozer os grelos, já que dará mais sabor ao seu prato.

Depois de escorridos, salteie os grelos num fio de azeite e com um dente de alho bem picado.

Para empratar, comece por colocar as migas de alheira e broa cozinhadas. Cubra as migas com os grelos cozidos. Pode ainda dar um toque especial. Estrele um ovo à parte e sirva as migas com o ovo por cima. Sirva acompanhado de uma salada fresca de rúcula, alface e tomate.

Acompanhe o prato com um bom vinho tinto alentejano, à temperatura ambiente. Bom apetite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

back to top
shares